quinta-feira, 13 de maio de 2010

Tudo sobe Violeta.





Percorrendo qualquer floricultura sempre nos deparamos com esta pequena planta, proveniente de uma beleza exuberante a Violeta. Praticamente todos se atreveram ao levar uma para casa. Porém, poucos sabem que a popular Violeta é de origem africana, no estado natural cresce entre rochas em meio a musgos e detritos vegetais. Assim como ela, muitas outras que hoje reunimos em coleções maravilhosas e que nos encantam, foram “plantinhas de mato”.


Hoje muitas destas plantas foram cruzadas e selecionadas por produtores que procuraram produzir plantas bem formadas e em diferentes cores. Quando vemos nas prateleiras das floriculturas, nos encantamos com sua folhagem ou flores, mas não imaginamos o tempo que foi levado para que ela assumisse aquela forma.

Estas pequenas maravilhas podem ser cultivadas dentro de casa, desde que tenhamos boa luminosidade. Um balcão ou mesa junto a uma janela pode abrigar uma boa coleção destas plantas, ornamentando o ambiente com suas flores. Se houver bastante luz produzirá flores continuamente durante o ano todo.

Ter plantas verdes e plantas com flores em interiores é muito simples e devemos seguir algumas regras, tais como não se esquecer de regar e nem regar em excesso.

Ambientes iluminados por sol indireto ou protegidos por cortinas finas são ótimos.

Outra regra é adubar periodicamente e trocar o substrato pelo menos a cada 6 meses, procurando reproduzir aquele onde a planta estava quando adquirimos.

Plantas dentro de casa trazem a energia positiva da terra, melhoram a qualidade do ar que respiramos, são ornamentais e nos fazem bem.

Descrição da planta:

Planta herbácea perene de folhas com textura áspera, de cor verde forte com 20 cm de comprimento, algumas mais estreitas com 3 cm de largura outras mais largas com até 5 cm de largura, formando roseta basal. As flores são campanuladas de pétalas livres e há flores de uma imensidão de cores.

Rega:

Coloque a água no substrato calmamente, evitando molhar as folhas, pois se estas folhas forem molhadas pode ocorrer o desenvolvimento de uma bactéria que matará sua planta tendo a forma como se estivesse queimada. A rega não tem tempo definido. Coloque seus dedos no substrato, se estiver frio estará úmido espere secar. Se estiver seco, coloque água. Até está vazar bastante pelos furos do vaso.

Adubação:

Como qualquer ser vivo elas necessitam de nutrientes para que possa creser e florescer, um adubo completo para muitos tipos de plantas é o Biofert Plus Universal, e as violetas adoram este abubo, pois tem micros e macros nutrientes em quantidade suficiente para suprir todas as nesessidades de sua violeta.

Pragas e Doenças:

Quando surgirem insetos esbranquiçados na sua violeta, sobre e embaixo das folhas, é porque ela está com cochonilhas. Retire com cotonetes suavemente e depois pulverize com um inseticida natural como o Combat, uma vez por semana durante um mês para eliminar totalmente esta praga.

5 comentários:

Renato Neto disse...

Coloca a opção de Seguir o blog pra gente se cadastrar pra seguir, tipo no meu, da uma olhada:
http://blogdosvelhinhos.blogspot.com/

Renato Neto.

Edu disse...

Agora já esta pronta a opção Seguir na pagina principal

J.Ricardo disse...

Muito interessante as informações, serão muito úteis.

Amanda disse...

O melhor sistema de TV HD www.tvhd.com.br

Anônimo disse...

Amo violetas,tenho bastante.